O Transtorno de Estresse Pós-traumático, TEPT, ocorre quando alguém passa por uma situação psicologicamente estressante.

Os especialistas explicam que se trata de um conjunto de sintomas emocionais e físicos, ligados diretamente à ansiedade.

O TEPT vem a ser hoje o 4º transtorno mais comum em todo mundo.

A principal causa do transtorno são eventos traumáticos que a pessoa vivenciou. Alguns exemplos destes eventos são: testemunhar uma morte ou um acidente, sofrer algum tipo de agressão física ou abuso sexual, sofrer uma ameaça com arma ou um acidente com perigo de vida, entre outros.

Alguns sintomas que podem identificar o transtorno são: Reviver o trauma através de sonhos e pensamentos, enorme excitação (hipervigilância), evitar persistentemente atividades que lembrem o trauma, surtos de raiva e constante insônia. Porém, alerta-se que esses sintomas precisam estar persistindo, pelo menos durante 1 mês, para se caracterizar a doença.

Felizmente, a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) lançou o PROVE (Programa de Atendimento e Pesquisa em Violência), um projeto que visa apoiar os indivíduos que tenham sido vítimas de um trauma decorrente da violência.

Acesse o site do programa para mais informações.

Por Thais Cortez





CONTINUE NAVEGANDO: