Veja todas as informações sobre a acne e aprenda como cuidar desse problema.

A acne é uma condição causada na pele, que surge quando os folículos pilosos já estão obstruídos por células mortas e sebo, fazendo com que essa região fique tomada por bactérias que causam a inflamação. Esse problema pode ocorrer em pessoas adultas, adolescentes e idosos. Geralmente a acne aparece no rosto, ombros, costas e peito.

O que pode causar a acne?

A acne pode surgir por diferentes fatores, e é preciso observar com calma para chegar ao diagnóstico correto. Mas, muitas pessoas recorrem ao dermatologista, que é o especialista em tratar doenças da pele. Na maioria dos casos, a acne aparece por consumo excessivo de alimentos ruins. Um bom exemplo são os alimentos gordurosos, que se ingeridos em excesso, podem trazer consequências no corpo e também no rosto. Outra razão que facilita o aparecimento da acne é a grande taxa de hormônio no organismo e a última causa pode ser por fator genético.

Como perceber o início do problema da acne?

A acne não surge do dia para noite, a pele vai dar sinal que algo não está bem. A princípio aparecem os cravos, que já são sinal de alerta que sua pele não está respirando bem. E se esses cravos não forem tratados logo de início, eles vão evoluir para cravos abertos e depois eles viram a acne. Esse processo vai muito além da parte estética, pois pode se tornar um quadro infeccioso e ocasionar desconforto e dor.

Dicas de como tratar a pele com acne em casa

Algumas pessoas não sabem como tratar a acne em casa. E já vou adiantar que é uma coisa muito fácil e econômica de fazer. O segredo está em manter essa rotina com frequência e diária. Veja abaixo alguns dos cuidados que podem ser praticados diariamente:

– Lavar o rosto depois que acordar e antes de dormir com sabonete neutro

– Evitar o uso de produtos que podem ficar acumulados nos poros do rosto como: Creme e maquiagem

– Não esprema a acne do rosto

– Use loções especificas para o controle da oleosidade da pele

Em casos mais extremos de acne, como fazer?

Se você tiver passando por esse tipo de situação, o ideal é procurar a ajuda de um dermatologista. Só ele é capaz de conseguir identificar os fatores que estão levando sua pele a estar dessa forma. Em muitos casos eles fazem um controle do problema usando medicamentos como antibióticos como tetraciclina. Em muitos casos os tratamentos usam comprimidos e composições de uso externo, como pomadas. Mas, o ideal é que mesmo com esse tipo de tratamento, se tenha o controle da alimentação, e dessa forma ir diminuindo o aparecimento da acne, até que ela suma por completo. Muitas pessoas só conseguem ver o resultado final depois de meses, e mesmo assim, se fizer o tratamento de forma certa.

Veja alguns dos tipos de acnes que existem

A acne é uma condição comum que atinge diferentes tipos de pessoas. Mas ela pode ter muitos tipos diferentes, e essa informação é desconhecida pela maioria das pessoas. Veja abaixo os tipos de acnes que existem:

Acne Cística, que também é conhecida como acne conglobata, é a forma mais grave de acne. Geralmente aparece em homens jovens. Esse tipo de acne é mais complicado de tratar e pode deixar cicatriz.

Acne fulminante é uma forma mais grave do que a acne cística e geralmente aparece em adolescentes. Elas costumam se espalhar rapidamente na região do corpo e é mais difícil de controlar. Em alguns casos podem surgir sintomas como dor muscular e febre.

– Acne Infantil não é tão comum, mas existe. Normalmente aparece em bebês de 3 a 16 meses. Esse problema acontece por fator de estresse no parto e deve ser tratado diretamente com pediatria especializada.

Acne vulgar é o tipo mais comum de acne. Aparece mais em jovens e adultos e tem fácil tratamento.

A acne pode surgir em diferentes fases da vida. O importante é tratar logo do início!

Escrito por Cristiane Amaral


Mais popularmente conhecida como espinha ou cravo, acne é uma doença de pele que atinge quase 80% dos adolescentes, principalmente do sexo masculino.

Em algumas situações, a acne pode persistir até a idade adulta da pessoa.

Tende a ser discreta, no entanto, em alguns casos, atingem com tal intensidade, que por razoes estéticas acarreta na pessoa, problemas psicológicos relacionados com a baixa estima e isolamento.

Para o surgimento da acne já existe uma predisposição genética que pode sofrer modificações por questões hormonais, ambientais e emocionais, além de outros fatores que podem aumentar ou diminuir os sintomas.

Não há uma forma de se prevenir da acne, no entanto, é possível ter um resultado bastante satisfatório, se logo no inicio dos sintomas procurar por tratamento médico especializado.

Por Denilson G Santos





CONTINUE NAVEGANDO: