Doença de Crohn – O Que é, Sintomas, Tratamento


Confira aqui as principais informações sobre a Doença de Crohn.

O ser humano durante toda a sua vida é comumente acometido de várias doenças. Algumas são muito conhecidas enquanto outras nem tanto. É o que ocorre com uma doença que pode afetar muitas pessoas, porém poucas a conhecem. Trata-se da Doença de Crohn. Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre esta doença.


A doença de Crohn é na realidade uma síndrome que ataca nosso sistema digestivo. Dentre seus sintomas o que mais se destaca são as dores abdominais que podem ser fortes, além da perda evidente de peso, diarreia, sensação de fraqueza e febre.


Quando a doença se instala no organismo ocorre o impedimento da absorção dos nutrientes, fato que causa prejuízos no cólon, intestino delgado e na parte de baixo do intestino.


Este é um processo inflamatório que tende a ser muito mais invasivo que os demais, porque ele atinge a mucosa e a parede intestinal, em suas camadas interiores.


Infelizmente esta doença tem característica crônica e ainda não se sabe de fato os fatores que contribuem para o seu surgimento. Muitos estudos vêm sendo realizados para saber mais sobre o que pode originar esta patologia e até mesmo para investigar se se trata de uma doença autoimune.

Como ocorre em outras doenças vários fatores podem contribuir para a sua manifestação, como é o caso de fatores ambientais, genéticos, infecciosos e dietéticos.

Os estudos apontam que mulheres e homens podem ser portadores da doença de Crohn e ainda mais, ela pode se repetir entre pessoas da mesma família. Geralmente ela se manifesta em pessoas com idade de 20 a 40 anos, com maior incidência em pessoas que fumam.

Em relação aos sintomas, a doença ocasiona uma inflamação no intestino e se parece muito com a colite. No Brasil não temos ainda muitos dados sobre a sua incidência, porém nos Estados Unidos ela acomete em um número superior a 2 milhões de pessoas.

Quando ela começa a se manifestar é bastante comum o aparecimento de diarreias com uma frequência maior, podendo até haver sangue nas fezes. O cheiro também pode ser um indicador, quando é mais forte. Lesões na região anal também podem ser vistas como sintoma. Além de dor na área do abdômen, enfraquecimento e febre, que são sintomas bem comuns.

O quadro pode se agravar, passando o portador a sentir dores nas articulações, feridas na boca, nódulos e feridas na pele, pedras na vesícula ou rins e inflamação dos olhos.

O quadro mais grave é quando ocorre a obstrução do intestino ou a sua perfuração.

Chegar a um diagnóstico pode ser um pouco difícil, mas um especialista ao acompanhar o histórico e os exames do paciente pode identificar a doença.

Geralmente são solicitados exames como endoscopia, raio X do intestino, colonoscopia, tomografia, entro outros exames de sangue e imagem.

Infelizmente ainda não se pode falar de cura da Doença de Crohn, o que pode ser feito é um tratamento para aliviar os sintomas, garantindo que o sistema digestivo funcione de uma forma melhor, possibilitando a maior qualidade de vida do paciente.

Assim, o tratamento se dá por meio de drogas como mesalazina entre outras. Também são prescritos dietas e suplementos que atuam na correção das deficiências de nutrientes que se apresentam com a doença.

Os médicos afirmam que embora ainda não tenha sido encontrada uma cura para a doença de Crohn, os tratamentos podem ajudar muito e permitir que seus portadores possuam uma qualidade de vida melhor. Mas eles são unânimes ao afirmar que os pacientes devem adotar hábitos mais saudáveis, no que se refere à alimentação, à prática de atividade física, enfim, buscando hábitos saudáveis fica mais fácil controlar a doença e assim viver melhor.


Ana Paula


Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.