Dicas para Dormir Bem – O Que Fazer



Confira aqui algumas dicas para melhorar a sua noite de sono.

De acordo com os melhores médicos, existem muitos fatores que atrasam ou interrompem o sono de uma grande parte de pessoas. É claro que existem centenas de métodos que auxiliam na recuperação do necessário sono, ou de sua qualidade. São meios testados e comprovados. Porém, nem tudo que se vende na feira pode ser tomado como verdade, considerando apenas a justificação do vendedor.

Mas, o que pode ser tomado como verdade ou mentira nesse caso?

Muitas máximas que podem ser tomadas como verdade não têm qualquer embasamento científico. Neste artigo serão passadas algumas dicas, conselhos de especialistas que poderão ajudar os leitores a separar os fatos da ficção sobre a realidade, segue uma pequena relação:



A – Beber leite quente antes de se deitar ajuda a pegar no sono?

Errado. Este é um já ultrapassado e clássico conselho de avó, que, pelo carinho com que nos é dirigido, pode acalentar nossos sentimentos e relaxar psicologicamente, porém, o leite, por suas propriedades, não influi no sono, mesmo por que a substância do leite precisará passar pelo tubo digestivo. O dica é: evitar beber muitos líquidos, no sentido de evitar constantes visitas ao banheiro ao longo da madrugada.



B – Caso não consiga pegar no sono, levante-se e saia da cama!

Correto. Isso pode ocorrer no meio da noite ou até na hora de ir dormir. Se a pessoa não consegue sair do ritmo agitado do dia, ou permanecesse como que ligada na tomada, é melhor levantar-se, pois, segundo os especialistas, se permanecer na cama acordado o corpo se condicionará, naturalmente, à vigília. Então, tente gastar um pouco de energia, ande pela casa, sem acordar os demais. Tente esquecer-se de si mesmo, um pouco.

Leia também:  Menopausa - Sintomas e Dicas de Tratamento

C – Quando se trata de pessoa noturna, essa mesma pessoa nunca será um madrugador?

Errado! Não se trata de propensão genética, mas de luz, de escuridão e da chamada liberação de hormônio do sono, a melatonina, que constitui o fator responsável de controle sobre o ciclo circadiano do organismo. Neste caso, a melhor dica é a pessoa tentar controlar os dois primeiros fatores, luz e escuridão, para fazer influenciar a função da melatonina e alterar as suas próprias tendências noturnas ou diurnas.

D – O ideal é conseguir ter oito horas de sono por noite?

Correto! Assim que chegamos aos 18 anos os médicos sempre aconselham que mais horas de sono, mais saúde e sobrevida, no caso, pode ser de sete a nove horas de sono a cada noite, sendo essa já uma quantidade horas bem menor do que as crianças, bebês precisam para recarregar as energias e descansar. Nosso organismo vai se tornando mais lento, em todos os sentidos, conforme a idade, portanto, repouso e sono prolongado são melhores. O equilíbrio de descanso e atividades é essencial com o passar dos anos.

E – Não permitir que os animais de estimação subirem ou mesmo dormirem na mesma cama em que dormimos?

Errado! As pessoas que têm animais de estimação em casa, geralmente, cachorros e gatos, poderão estar mais felizes agora. Recente estudo, que foi publicado por meio da Mayo Clinic Proceedings, fez demonstrar um resultado interessante de que os seres humanos que dividem suas camas ou mesmo seus quartos com seus cachorros, ou gatos, não têm dificuldade de pegar no sono, ou de qualidade de sono. Pois o bichinho pode nos ajudar a relaxar, ou, no máximo não atrapalha. Ninguém leva um leão, um urso ou um elefante para seu quarto.

Leia também:  Prisão de Ventre - Dicas para Diminuir o Problema

Paulo Henrique dos Santos

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *