Coronavírus e Pessoas com Pressão Alta – Riscos e Cuidados



Saiba aqui quais são os principais riscos do Coronavírus para pessoas hipertensas.

De acordo com o Ministério da Saúde, 35% da população brasileira é hipertensa. Talvez você sofra com a doença ou alguém bem próximo em sua família. Diante dos últimos acontecimentos no mundo relacionados ao Coronavírus, os hipertensos precisam estar atentos a alguns cuidados, já que estão dentro do grupo de risco do vírus.

O que é o Coronavírus?

Os vírus corona estão entre as causas da síndrome respiratória aguda grave (SARS). O novo coronavírus, que eclodiu na China no final de 2019, também pode causar pneumonia grave em pessoas infectadas. Em fevereiro de 2020, o vírus foi nomeado SARS-CoV-2 devido à sua estreita relação com o vírus SARS. A doença causada pelo vírus já foi chamada de COVID-19. O curso da doença varia de leve a fatal. A letalidade ainda não foi finalmente esclarecida. As vacinas contra o novo coronavírus SARS-CoV-2 (primeiro conhecido como 2019-nCoV) estão em desenvolvimento.



Como o Coronavírus é Transmitido?

O vírus corona pode ser transmitido de pessoa para pessoa. Provavelmente, existe um período de incubação de até 14 dias (de acordo com a OMS em média de 5 a 6 dias). A infecção em pessoas doentes é obviamente possível, mesmo que eles apresentem apenas sintomas leves ou inespecíficos.

A transmissão ocorre principalmente por secreções respiratórias. A infecção também pode ocorrer indiretamente pelas mãos, que são colocadas em contato com a mucosa oral ou nasal e a conjuntiva. Ainda não foi esclarecido se o novo coronavírus também pode ser transmitido pelas fezes.



Quais Pessoas Estão em Maior Risco?

  • Idosos;

  • Fumantes;

  • Pessoas com doenças do coração e sistema cardiovascular (Como hipertensão), pulmões (como asma ou bronquite crônica) ou fígado (doenças hepáticas crônicas);

  • Pessoas com diabetes, câncer ou um sistema imunológico enfraquecido.

Como se observa, pessoas com problemas como hipertensão estão em maior risco se adquirirem o Coronavírus, mas quais as razões desse risco e quais cuidados devem ser tomados? Primeiro é necessária a compreensão do que é hipertensão para relacionar aos riscos da doença.

O que é Hipertensão?

Hipertensão é uma doença do sistema cardiovascular. A pressão alta é particularmente disseminada nos países industrializados. O risco de hipertensão aumenta com a idade. Mas pressão alta também pode ocorrer em jovens. Principalmente por causa do excesso de peso e falta de exercício, o número de crianças e adolescentes afetados aumentou constantemente nos últimos anos.

A pressão alta inicialmente não causa queixas. As pessoas afetadas nem o notam a princípio. Somente com o tempo, quatro em cada cinco pessoas sabem sobre sua doença. O perigo da hipertensão não detectada, no entanto, é que, com a pressão sanguínea permanentemente alta, aumenta o risco de danos aos órgãos vitais, como coração, cérebro, rins e olhos. Ataques cardíacos, arritmia cardíaca, insuficiência cardíaca ( insuficiência cardíaca), acidente vascular cerebral , fraqueza renal ou perda de visão são possíveis consequências.

Quais os Riscos Para os Hipertensos?

Os pacientes com problemas crônicos e doenças cardiovasculares necessitam de cuidados especiais diante das ameaças de doenças como o Coronavírus. Alguns estudos foram feitos entre pessoas saudáveis que adquiriram algumas doenças como vírus “comuns” e pessoas com problemas cardiovasculares, o que se constatou é que 11% das mortes por esses vírus estavam relacionadas a esses indivíduos com problemas como hipertensão e outros.

Recentemente, também surgiu a questão de saber se algumas mortes de pacientes com esses problemas aconteceram em conexão com o novo coronavírus. Agentes anti-hipertensivos podem aumentar o risco de infecção por Sars CoV-2. De fato, os pesquisadores conseguiram demonstrar em animais que algumas substâncias ativas podem ajudar o coronavírus a entrar nas células.

Os médicos alertam contra ao controle da pressão arterial por meio de medicamentos, pois o vírus pode interferir no efeito desejado do medicamento. Como a pressão alta não tratada é um importante fator de risco não apenas em relação a uma possível infecção por Sars-CoV-2, por exemplo, pessoas com pressão alta – através de vasos sanguíneos endurecidos e estreitados – desenvolvem ataques cardíacos, derrames e doenças renais.

Quanto mais velha e doente a pessoa, mais causas podem ser encontradas que levam à morte do paciente em uma cadeia de eventos. A infecção por Sars-CoV-2 geralmente é apenas uma peça do quebra-cabeça na imagem geral. O paciente já havia desenvolvido um problema cardiovascular, mas o vírus foi responsável apenas em aumentar as complicações desses problemas.

Como Proteger os Hipertensos?

Existem medidas que devem ser tomadas que estão diretamente relacionadas ao tratamento da hipertensão, mas outras medidas são as mesmas que as indicadas para todas as pessoas que desejam se proteger do Coronavírus.

  • Supervisionar a pressão arterial regularmente com o objetivo de mantê-la controlada;

  • Manter todas as vacinas em dia;

  • Diante de qualquer sintoma suspeito, procurar ajuda médica para prevenir futuros problemas.

  • Lavar bem as mãos;

  • Usar álcool gel regularmente;

  • Ao tossir e espirrar, proteger-se a fim de não contaminar outras pessoas;

  • Evitar multidões;

  • Usar máscara em caso de suspeita da doença;

  • Evitar coçar nariz, boca e olhos;

  • Manter certa distância de pessoas que estão espirrando ou tossindo;

  • Evitar comprimentar com abraços, beijos ou apertos de mão;

  • entre outros cuidados.

Pietra Costa

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *