Calendário de Vacinação – Criança, Adolescente, Adulto e Idoso





Confira aqui as vacinas que precisam ser tomadas quando criança, adolescente, adulto e idoso.

A imunização de doenças por meio de vacinas foi nos últimos tempos um dos avanços mais importantes da medicina. As vacinas são responsáveis pela erradicação de diferentes doenças. Desde o nascimento até a terceira idade as vacinas são fundamentais para garantir a saúde e o bem estar das pessoas e principalmente manter imunizadas de doenças.

Para garantir a imunização e erradicação de doenças é preciso manter o calendário de vacinação em dia. Destacamos neste artigo o calendário nacional de vacinação para crianças, adolescentes, adultos e idosos.




Vacinação Crianças

Nos primeiros anos de vida, é preciso levar as crianças a um posto de saúde ou uma UBS (Unidade Básica de Saúde) com o cartão da criança, sendo ideal que toda a dose da vacina seja administrada na idade recomendada.

É nesta fase da vida que é destinada a maior parte das vacinas, com total de 12 vacinas (25 doses), que são aplicadas antes de completar 10 anos. Caso perdeu algum prazo de vacinas, é preciso voltar à unidade de saúde para atualizar.


Assim que nascer é preciso aplicar a vacina em dose única da hepatite B. Trata-se da BCG (Bacilo Calmette-Guerin) com prevenção de tuberculose.

Vacinas com 2 meses de idade

Com 2 meses de nascido é preciso tomar a 1ª dose da vacina Pentavalente, que previne tétano, difteria, hepatite b, coqueluche, meningite e infecções por HiB e a primeira dose da VIP (Vacina Inativada Poliomielite), que previne a paralisia infantil ou poliomielite.

No mesmo tempo de vida deve ainda tomar a primeira dose da Pneumocócica 10 Valente, que tem o objetivo de prevenir pneumonia, meningite, otite e outras doenças causadas pelo Pneumococo, Além da primeira dose do Rotavírus, que previne diarreia por rotavírus.

Vacina com 3 meses

Com três meses após o nascimento deve tomar a 1ª dose da Meningocócica C , na qual previne a doença meningocócica C.

Vacinas com 4 meses

Com 4 meses de nascido deve tomar a 2ª dose da vacina Pentavalente, na qual vai prevenir a difteria, hepatite B, tétano, meningite, coqueluche, além de infecções por Haemóphilus influenzae tipo B.

Nessa idade deve tomar também a 2ª dose da VIP, a 2ª dose da Pneumocócica 10 Valentear e a 2ª dose da Rotavírus.

Vacina com 5 meses

Com tempo de vida de 5 meses deve tomar a 2ª dose da Meningocócica C.

Vacina com 6 meses

Com 6 meses de vida deve aplicar a 3ª dose da Pentavalente e a 3ª dose da VIP (Vacina Inativada Poliomielite).

Vacina com 9 meses

Com 9 meses de vida deve aplicar a dose única da vacina de Febre Amarela.

Vacina com 12 meses

Com 12 meses deve aplicar a 1ª dose da Tríplice viral, na qual previne da caxumba, sarampo e rubéola. Aém do reforço da vacina Pneumocócica 10 Valente e Meningocócica C.

Vacinas com 15 meses

Com 15 meses deve aplicar o 1º reforço da DTP (Difteria, tétano e coqueluche) e da VOP (Vacina Oral Poliomielite), na qual previne paralisia infantil ou a poliomielite. Nesta idade deve aplicar dose única da vacina da Hepatite A e uma dose da Tetra viral ou tríplice viral + varicela.

Vacina com 4 anos

Com 4 anos de idade deve tomar o 2º reforço da DTP e da VOP e ainda a Varicela atenuada, na qual previne da varicela/catapora.

Vacinas na adolescência

Algumas das vacinas são administradas somente na adolescência e outras são feito o reforço nessa faixa-etária. Caso tenha doses atrasadas, essas podem ser colocadas em dia. Confira as vacinas que são recomendadas aos adolescentes.

Neste período da vida é preciso aplicar a vacina do HPV, que são duas doses no intervalo de seis meses. A vacina previne o papiloma, que é um vírus que causa cânceres e verrugas genitais. A vacina é aplicada na idade de 9 a 14 anos nas meninas e 11 a 14 anos nos meninos.

Vacina idade de 11 e 14 anos

Com 11 a 14 anos deve aplicar a dose única ou reforço da Meningocócica C.

Vacinas idade de 10 a 19 anos

Com idade entre 10 e 19 anos deve aplicar vacina da Hepatite B, em 3 doses, de acordo com o histórico vacinal e 1 dose da Febre Amarela , se nunca tiver vacinado. E ainda a Dupla Adulto, na qual previne difteria e tétano (com reforço a cada 10 anos), a Tríplice viral em 2 doses, de acordo com o histórico vacinal.

Nesta idade deve ainda aplicar a Pneumocócica 23 Valente, que é 1 dose de acordo com a situação vacinal e Dupla Adulto com reforço a cada 10 anos

Vacinas Adultos de 20 a 59 anos

Confira a lista de vacinas disponibilizadas aos adultos com idade entre 20 e 59 anos. Nesta idade deve aplicar 3 doses da vacina da Hepatite B – 3 doses, conforme a situação vacinal, uma dose única da Febre Amarela e a Tríplice viral, que se nunca foi vacinado deve aplicar 2 doses na idade entre 20 a 29 anos e 1 dose na idade entre 30 a 49 anos.

E ainda neste período de vida deve aplicar a DT (Dupla adulto), com reforço a cada 10 anos, que previne difteria e tétano e a Pneumocócica 23 Valente (1 dose que é indicada para grupos-alvo específicos).

Vacinas Idosos acima de 60 anos

Na idade acima de 60 anos são três vacinas disponíveis, além da campanha de vacinação contra gripe. Deve aplicar 3 doses da Hepatite B, uma dose única da vacina da Febre Amarela.

E ainda, acima dos 60 anos deve tomar a Dupla Adulto, com reforço a cada 10 anos, a Pneumocócica 23 Valente, com reforço de acordo com o histórico vacinal, que são indicadas para grupos-alvo específicos.

Adoniran Peres



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *