Gravidez – O Que Fazer nas Primeiras Semanas de Gestação





Saiba aqui o que fazer nos seus primeiros meses de gravidez.

Olhar o teste de gravidez e percebeu que deu positivo. Essa resposta pode ser motivo de muito alegria para quem está planejando isso há muito tempo ou um verdadeiro susto para as mulheres que não estavam esperando por isso no momento. Sem dúvida, essa descoberta causa diferentes e intensos sentimentos, pois trata-se de algo que vai mudar a sua vida para sempre.

Porém, passado esse susto, é a hora de começar a se preparar para ter uma gestação saudável, garantindo o seu bem-estar e também o do seu filho durante os nove meses. Descobriu que vai ser mãe? Veja, a seguir, como proceder durante esse período!




Faça acompanhamento pré-natal

A primeira coisa a se fazer é iniciar o seu pré-natal, seja na rede pública ou privada de saúde. Isso consiste em consultas com um ginecologista ou clínico geral, com que você poderá esclarecer todas as suas dúvidas sobre como serão os próximos meses da sua vida.

Na maioria das vezes, nas consultas de pré-natal, o médico vai aferir a sua pressão arterial, checar se os sinais vitais do bebê estão bem, medir a sua barriga com o auxílio de uma fita métrica, pedir para que você suba na balança para conferir o seu peso, além de pedir exames, como de sangue e ultrassom.


Tome ácido fólico

É muito comum que os médicos recomendem o consumo de ácido fólico para evitar possíveis deficiências congênitas durante a formação do sistema nervoso do bebê. Sem falar que a substância também ajuda a placenta a crescer, aumenta a produção de glóbulos vermelhos, que evitam o desenvolvimento de anemia.

O ideal é tomar o ácido fólico no primeiro trimestre da gravidez. Dependendo das suas características, o médico também pode receitar outras vitaminas tanto para a mãe quanto para o filho.

Adote uma alimentação saudável

Tenha em mente que durante a gravidez você é a principal responsável pela alimentação do seu filho, o que significa que quanto melhor for a qualidade dos alimentos que você ingere, melhor será a nutrição do bebê.

É indicado consumir alimentos ricos em vitaminas, ferro e proteínas, mas tenha cuidado com aquela história de comer poder dois, pois isso pode fazer com que você coma e engorde excessivamente. Procure comer em quantidades equilibradas para não engordar mais do que o limite de peso recomendado pelo seu médico.

Outra questão importante é evitar a ingestão de queijos fabricados com leite não pasteurizado, carnes cruas ou malpassadas, miolos e fígado, haja vista que esses alimentos possuem em sua composição organismos que podem afetar negativamente o desenvolvimento da criança.

Tome cuidado com a pressão alta

Um dos maiores cuidados a serem tomados no decorrer da gestão é com relação à pressão alta, pois há uma tendência maior a desenvolvê-la nessa fase. Levando isso em consideração, faça uma dieta equilibrada e saudável, com uma quantidade menor de sal, além de verificar a pressão frequentemente.

Caso sinta algum mal-estar, o mais adequado é procurar ajuda médica o quanto antes para realizar o tratamento adequado.

Busque apoio familiar

É sabido que as emoções que uma gestante passa durante nove meses podem afetar não só a ela, mas também ao bebê. Nesse sentido, é fundamental contar com o apoio da sua família e companheiro nos momentos em que se sentir insegura ou precisar de ajuda.

Com isso, você pode ficar mais tranquila, podendo dividir as suas dúvidas com pessoas de confiança e que lhe dão o apoio do qual necessita.

E aí, está se preparando para ser mamãe em breve? A partir dessas dicas, você garante uma gestação mais saudável e feliz, bastando esperar o tempo certo para ter o seu filho em nos seus braços!

Simone de Paula Leal



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *