Transtorno Pós-Parto – Sintomas, Causas e Tratamento





Conheça os sintomas do Transtorno pós-parto e como trata-lo.

A gravidez é um momento muito especial na vida de uma mulher. Ela será responsável por gerar e cuidar de uma vida muito preciosa. Parece simples e até lindo, mas a responsabilidade de uma gestação é muito grande. Depois da descoberta da gravidez, a mulher tem sua rotina de vida transformada totalmente. Ela precisa prontamente fazer seu pré-natal, cuidar da sua alimentação e parar de fazer qualquer coisa que vai afetar seu bebê. Qualquer coisa de errado que acontecer em sua gestação pode ser um choque para ela.

O transtorno pós-parto é um reflexo de todas as mudanças no corpo da gestante e também da grande responsabilidade que ela terá até o nascimento do bebê. Por isso esse transtorno é muito comum na vida das mulheres que já tem o bebê nos braços. Veja abaixo como acontece e as razões para surgir o TEPT (Transtorno pós-parto).




Quando acontece o transtorno pós-parto?

O TEPT geralmente acontece depois do nascimento do bebê, mas ele pode surgir um tempo depois também. A melhor explicação para o aparecimento desse transtorno é quando a mãe percebe o quão sua vida mudou depois do parto. E a forma como foi conduzida a sua gestação pode favorecer o TEPT. É fácil perceber com alguns comportamentos bem típicos desse transtorno. Essa explicação vai ficar logo abaixo.

Comportamento de uma mulher com transtorno pós-parto

As mulheres que desenvolvem o TEPT apresentam características bem fortes e diferentes de uma mulher que teve seu bebê e não sofre com esse transtorno. Geralmente ele se torna visível logo depois do parto e vai se intensificando. Veja algumas das atitudes mais comuns das mamães com TEPT:


Cuidado excessivo com o bebê

Mulheres que sofrem com esse transtorno geralmente tem um apego acima do normal com o seu bebê. E isso incluí:

– Não deixar que ninguém o segure no colo;

-Medo de que a criança venha falecer com atitudes simples como: Tomar mamadeira, banho ou até mesmo dormir

– Ciúme doentio pelo bebê;

– Não conseguir ficar longe do bebê nem por poucos minutos;

Sentimento de culpa

Outra característica das mulheres que sofrem com esse transtorno é o sentimento de culpa. Grávidas que não fizeram pré-natal ou tiveram atitudes não adequadas na gestação podem sim sofrer com essa síndrome. O fato de ela pensar que poderia ter colocado a vida do seu bebê em risco pode fazer com ela sinta culpa e imagine coisas que poderiam ter dado errado na gestação e também no parto.

Problemas emocionais na gestação

Mulheres que tiveram uma gestação muito conturbada ou sem apoio podem desenvolver TEPT. Isso infelizmente é mais comum do que se imagina e pode afetar gravemente a saúde mental de uma mulher que deu à luz. O sentimento de abandono pode fazer com que ela se sinta culpada. Ou projete a culpa no bebê. Nesse caso ela pode se distanciar emocionalmente do seu filho e gerar um quadro de depressão pós-parto também.

Como funciona o tratamento do transtorno pós-parto?

O transtorno pós-parto é muito sério e precisa ser tratado o quanto antes. Assim que os sintomas começarem a surgir é preciso dar atenção máxima a essa mulher e mostrar com todo carinho que ela está passando por um problema comum. Evitar os julgamentos é a melhor coisa a se fazer. Tente apoiá-la nesse momento e se mostrar aberto a ouvi-la.

Algumas maternidades e instituições já oferecem esse apoio para as mamães que sofrem com o transtorno pós-parto. Lá elas recebem atendimentos de psicólogos, fazem terapia EFT, que usa palmadas em pontos certos do corpo e também usam músicas para trazer relaxamento e favorecer que a mamãe se lembre dos momentos da gravidez que a levaram a se sentirem assim no pós-parto. Só depois é possível tratar o problema.

Esse processo pode ser rápido ou não. Porém, ele precisa seguir até que a paciente esteja totalmente bem.

Caso a paciente prefira, ela pode procurar o serviço particular de psicologia!

Escrito por Cristiane Amaral



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *