Vacina contra Gripe 2019 – Início da Campanha de Vacinação




População poderá começar a tomar a vacina a partir do dia 10 de abril de 2019.

No próximo dia 10 de abril do corrente ano, vai iniciar a campanha nacional de vacinação contra a gripe. Assim que for lançada a campanha, haverá a divulgação das metas e da quantidade de doses que serão oferecidas.

De acordo com informações do Ministério de Saúde, já ocorreram cerca de 232 casos de influenza e 50 pessoas chegaram a óbito em decorrência da doença.


O estado do Amazonas, a vacinação precisou ser antecipada, tendo em vista o fato de haver maior exposição do vírus. Lá a vacinação se iniciou no último dia 20. Ainda de acordo com informações do Ministério Público, no estado do Amazonas houveram 113 pessoas que foram infectadas pelo vírus da influenza e 31 pessoas chegaram a óbito por causa do vírus.

A intenção dessa campanha é imunizar e proteger a todos contra os tipos mais comuns de influenza que estão em circulação no estado onde acontece a campanha.

Cabe ressaltar que a vacina não protege contra problemas respiratórios ou contra qualquer outro tipo de gripe.


Os tipos e especificações de vírus são estipulados pela OMS – Organização Mundial de Saúde, localizada no Hemisfério Sul e os micro-organismos que tem de estar presentes e inseridos na vacina ficam disponíveis no mês de setembro que antecede as campanhas de vacinação.

Quando a divulgação da linhagem do vírus, é feita pela OMS – Organização Mundial de Saúde, os laboratórios começam a trabalhar na produção e na fabricação da vacina. Ainda no mês de setembro de 2017, o Instituto Butantan, que fica localizado na cidade de São Paulo, começou a produção da vacina da campanha.

A vacina pode ser tomada por todas as pessoas, estando disponível de forma gratuita para alguns específicos grupos de pessoas na rede de saúde pública. Para as pessoas que não se enquadram nesse grupo especifico, a vacina poderá ser conseguida em rede privada pelo valor de R$ 130,00 (cento e trinta reais).

Cabe salientar que a dose da vacina deverá ser repetida todos os anos.

Lista de casos de contaminação e de óbitos pelo vírus da influenza no Brasil

Amazonas

  • Casos: 113
  • Óbitos: 31

Alagoas

  • Casos: 2
  • Óbitos: 2

Rondônia

  • Casos: 3
  • Óbitos: 3

Pará

  • Casos: 7
  • Óbitos: 3

Tocantins

  • Casos: 2
  • Óbitos: 1

Ceará

  • Casos: 4
  • Óbitos: 0

Pernambuco

  • Casos: 8
  • Óbitos: 0

Sergipe

  • Casos: 2
  • Óbitos: 0

Bahia

  • Casos: 1
  • Óbitos: 0

Minas Gerais

  • Casos: 9
  • Óbitos: 0

Rio de Janeiro

  • Casos: 2
  • Óbitos: 0

São Paulo

  • Casos: 49
  • Óbitos: 2

Paraná

  • Casos: 11
  • Óbitos: 5

Santa Catarina

  • Casos: 5
  • Óbitos: 1

Rio Grande do Sul

  • Casos: 7
  • Óbitos: 1

Mato Grosso do Sul

  • Casos: 1
  • Óbitos: 1

Mato Grosso

  • Casos: 1
  • Óbitos: 0

Goiás

  • Casos: 1
  • Óbitos: 0

Distrito Federal

  • Casos: 4
  • Óbitos: 0

TOTAL DO BRASIL

  • CASOS: 232
  • ÓBITOS: 50

Pessoas que estão liberadas para receber a vacinação no dia da campanha

  • Mulheres grávidas e as que estão em estado puerperal

  • Crianças de 1 ano a 5 anos, 11 meses e 29 dias

  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que estiverem sob medidas socioeducativas

  • Idosos

  • Trabalhadores da área de saúde

  • Povos indígenas

  • Professores que trabalham em escolas públicas ou em escolas privadas

  • Pessoas que se encontram com morbidade ou em condições clínicas especiais

  • Funcionários que trabalham no sistema prisional

  • Pessoas que são privadas da liberdade

Como foi a campanha no ano de 2018?

No ano de 2018, os números de casos e de morte foram altíssimos, chegando a 6.678 casos de influenza e a 1.370 mortes no país.

De acordo com as informações do Ministério de Saúde, para cada 100 mil habitantes em território nacional, a taxa de mortalidade está em 0,66.

Por Carol Wurlitzer



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *