Farmácia Popular – Vendas de medicamentos aumentam 45%

  

  

Preocupações com a saúde não devem ser à toa, pois qualquer anormalidade no corpo é passível de verificação diretamente com um médico, da rede pública ou da particular. A Doença de Alzheimer, por exemplo, não é constatada apenas pelo esquecimento de informações recentes e modificações no padrão funcional; fadiga e estresse também são indícios.

Para várias doenças, um dos métodos mais utilizado e viável é o medicamento. Em seu primeiro mês, o programa Farmácia Popular, que inclui em sua lista remédios para diabetes e hipertensão, registrou crescimento de 45% na venda e oferta grátis entre os 25 componentes abrangidos pelo Aqui Tem Farmácia Popular.


Dados revelam que desde 14 de fevereiro, quando a gratuidade foi iniciada, até 14 de março, 2,6 milhões de remédios foram retirados pelos cidadãos, 800 mil a mais em relação ao período igual de um mês atrás.

O Aqui Tem Farmácia Popular inclui vários medicamentos com até 90% de abatimento no valor total, tais como para rinite, glaucoma, asma e até fraldas geriátricas. Para conseguir remédios, o cidadão deve apresentar a receita médica, seu CPF e um documento com foto.

Por Luiz Felipe T. Erdei

  

Fonte: Secom

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *