Efeitos do Crack no Organismo

  

  

Em uma recente declaração para a imprensa, o ator norte-americano Charlie Sheen, confessou ter feito uso de crack, além de outras drogas e álcool. O vício do astro do seriado “Two and a Half Man”, vem crescendo em todo o mundo e preocupa a saúde pública. Os efeitos do crack no corpo são devastadores.

O usuário de crack pode desenvolver doenças pulmonares e cardíacas, ter a digestão prejudicada, e alteração na produção e captação dos neurotransmissores. A alta temperatura da fumaça da droga inalada pode queimar os tecidos da laringe, traqueia e brônquios, que também sofrem com os solventes que fazem parte da composição da droga.


O consumo do crack também faz surgir uma série de doenças neurológicas, como o acidente vascular cerebral (AVC), dores de cabeça, atrofia cerebral e convulsões.

Por ser uma droga de ação rápida, o uso do crack cria dependência e vontade de consumir a droga cada vez mais.

Trata-se de um vício com diversos prejuízos profissionais e pessoais para os usuários.

  

Devido ao vício e a escândalos em noitadas, o ator de 45 anos acabou tendo que suspender suas participações no seriado e terminou seu casamento de dois anos.

Por Selma Isis

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *