Uma das principais reclamações das mulheres aos médicos ginecologistas são as cólicas menstruais. Mais da metade delas em idade fértil reclama desse problema e de 10 a 15% tem dores tão fortes que chegam a interferir na vida cotidiana, ocasionando até faltas ao trabalho ou à escola.

Os médicos classificam as cólicas (dismenorréia) como primárias e secundárias. As primárias são aquelas ocorrem por causa da TPM e da menstruação e as secundárias são aquelas que ocorrem por alguma doença que a mulher possa ter.

A menstruação acontece quando há uma limpeza da camada interna do útero que, durante o ciclo menstrual foi preparado para uma possível gravidez. Para que não haja uma perda muito grande de sangue o corpo faz com que o útero se contraia. Essa contração é feita por uma substância chamada prostaglandinas que também causa a dor.

Assim, para que não haja dor é preciso tomar um medicamento que bloqueie a produção dessa substância que são remédios para cólicas. Além dsso outros sintomas são normais nesse período como cansaço, nervosismo, náuseas, diarréia, vômitos, dores nas costas e até desmaios.

Por Karin Földes


Estima-se que cerca de 50% das mulheres em idade fértil sejam atingidas pelos sintomas da TPM. Entre os mais comuns estão, sensibilidade, choro, irritação, inchaço e mudança brusca de humor. Além da alteração hormonal ser a principal responsável pela TPM o estresse do dia a dia também contribui para aumentar os sintomas indesejáveis.

Para amenizar o problema, algumas dicas básicas podem ajudar muito como: alimentação equilibrada, rica em frutas, pois elas aumentam o nível de serotonina, durante o período tome bastante chá de camomila e maracujá, inclua castanhas no café da manhã, elas ajudam a diminuir a irritabilidade e as dores de cabeça, o óleo de prímula ingerido em forma de cápsulas contribui para aliviar o inchaço, o intestino preso e as dores.

Apenas em casos mais graves o médico pode receitar remédios, mas antes deve ser feita uma consulta para avaliação correta do caso. Invista numa vida saudável e ganhe diversos benefícios.

Por Milena Evelyn





CONTINUE NAVEGANDO: