Várias pessoas tem como traço de sua característica pessoal a timidez. Existem aquelas que só são tímidas em certas ocasiões. Até ai tudo bem, isso é extremamente normal. Mas quando a pessoa deixa de fazer coisas simples do dia a dia por causa da timidez, isso pode virar um grande problema.

A timidez excessiva é conhecida como Fobia Social e atinge milhões de brasileiros (pesquisas revelam que de 3 a 13% desenvolvem o problema).

Segundo a psicóloga Graça Oliveira, a Fobia Social se desenvolve normalmente no período da infância e atinge mais o sexo masculino, "Isso ocorre devido a fatores culturais, pois os homens são socialmente mais exigidos" revela.

A causa da doença pode vir de origem biológica (predisposição genética) ou psicossocial (pais que protegem demais os filhos ou certas práticas educacionais).

Esse tipo de fobia traz uma série de prejuízos à vida do indivíduo como dificuldade de se relacionar, crises de pânico e depressão.

Se a pessoa evita as situações sociais a todo custo, pode ser que esteja sofrendo de timidez excessiva. Então, é bom procurar logo um especialista.

O tratamento pode durar de 6 meses a um ano e pode ser por medicamentos ou terapia comportamental.

Por Thais Cortez





CONTINUE NAVEGANDO: