Confira aqui as diferenças e algumas dicas de como tratar gripes e resfriados.

É claro que todos nós estamos expostos à gripes ou resfriados, contudo, ainda que isso aconteça e está fora do nosso controle, sabemos que é facilmente tratável e há inúmeras maneiras de se conseguir isso.

Todavia, se não se descobrir a precedência do desconforto, ou seja, caso seja gripe ou resfriado, o tratamentos possivelmente pode ser ineficaz.

Apesar dos sintomas serem bastante parecidos, há uma diferença muito e importante e decisiva para qual medicação tomar, algo que deve ser muito levado em conta.

Enquanto a gripe pode ser causada pelo vírus influenza que sofreu mutações, o resfriado é diferente, pois algumas de suas causas pode ser cerca de 200 vírus de diferentes tipos.

Dessa forma, há também diferença nos sintomas, pois a gripe sempre chega com febre, exaustão, corpo pesado, deixando a pessoa de cama e com os sintomas desenvolvendo-se de forma rápida. Por outro lado, o resfriado é diferente, pois apesar da pessoa acreditar estar “podre”, o resfriado passa ainda mais rápido que a gripe.

Algumas receitas para combater tais males começaram a serem usadas há séculos atrás mas ainda hoje são recorrentes para milhares de pessoas. Sendo assim, abaixo vão algumas dicas daquilo que é útil ou não para cada doença.

Para manter a energia, recomenda-se ingerir alimentos saudáveis, contudo, não se deve forçar quando não está com apetite.

Já quanto ao corpo,é necessário render aos seus limites sim, isto é, se estiver muito exausto, não tente extrapolar suas barreiras.

Não há comprovação científica de que chá e mel podem ajudar no combate de gripes e resfriados, todavia, o suor, as tosses e os espirros fazem com que a pessoa perca água. Dessa forma, o chá pode ser útil para hidratar.

Quanto a medicamentos, muitos se perguntam sobre a eficiência do Ibuprofeno e do Paracetamol e qual é o melhor. Contudo, pode-se fazer o uso dos dois, contanto que não haja exagero nas doses. Deve-se ressaltar que para ingerir o Ibuprofeno é bom que a pessoa tenha feito alguma refeição antes.

Todos conhecem o cheiro delicioso e instigantes do óleo de eucalipto e pomada mentolada. Embora eles dêem realmente um alívio, é temporário , mesmo assim pode esfrega-los ao peito e coloca-los próximos ao nariz.

Por fim, os Antibióticos, que parecem ser muito úteis, na realidade não servem no combate da gripe e dos resfriados que são originados por vírus. Na realidade, os Antibióticos combatem doenças bacterianas como a pneumonia.

Sirlene Montes


A estação mais fria do ano está se aproximando e com ela chega um número grande de abstinência no trabalho por causa da gripe. O problema se agrava porque o brasileiro não dá a devida atenção a esse tipo de doença e acaba tendo complicações.

O que parece ser um resfriadinho qualquer é, na verdade, uma infecção causada por vírus e por isso transmitida através do ar por espirros ou tosse. Muita gente ainda confunde resfriado com gripe sendo que uma coisa não tem nada a ver com a outra.

O resfriado é apenas reação do corpo à uma exposição ao frio intenso, fazendo apenas com que o nariz escorra e traga desconforto. Quando os sintomas da doença aparecem o indivíduo tem 48 horas para tomar um antiviral e o sistema imunológico reagir, se esse prazo não for respeitado a eficácia de cura não será a mesma.

Usar antibióticos de nada adianta pois esse tipo de remédio é receitado contra bactérias e não contra vírus. As vacinas são boas aliadas e em caso de dúvidas um médico deve ser sempre consultado.

Por Karin Földes





CONTINUE NAVEGANDO: