A boca é certamente um dos órgãos que mais usamos, pois por ela falamos e nos alimentamos. Por isso, ter qualquer problema bucal é algo que incomoda muito. Ela, como qualquer outra parte do corpo, está sujeita a ter doenças.

A gengivite, por exemplo, é uma das doenças (dentre muitas outras) que ataca a boca. É uma inflamação nas gengivas que as deixa inchadas e sangrando ou apenas sangrando.

Para que isso e outros problemas mais graves não ocorram alguns poucos cuidados podem ser tomados como, por exemplo, uma boa e regular escovação (sempre após as refeições), o uso de fio dental e evitar o excesso de café e refrigerante.

A boca também pode ser acometida por um câncer que é muito mais comum acontecer naqueles que fumam. Lembrando que quem tem uma boca saudável não possui problemas para mastigar e comer e nem para falar. Por essa e outras razões cuidar da boca é essencial. E garantir que as crianças aprendam esse hábito cedo também.

Por Karin Földes


A prevenção de muitas doenças em idosos depende muito dos cuidados de higiene com a boca. Como por exemplo, doença de Alzheimer, que vem afetando muitas pessoas na modernidade. Pesquisa publicada no The New York Times, recentemente, revelou que a gengivite pode causar o mal na terceira idade.

O estudo confrontou pacientes que ainda tinham dentes naturais com os que possuíam poucos ou nenhum. Quem já não tinha dentes naturais se mostrou bem mais suscetível à perda de memória ou início de Alzheimer.

Portanto, cuidados diários são fáceis e necessários como medidas de profilaxia à inflamação da gengiva, mau hálito, cáries e, claro, ter dentes saudáveis.

Especialistas recomendam escovação dos dentes todos os dias, após as refeições (no mínimo 3 vezes), uso de fio dental e visitas com periodicidade ao dentista.

Por Amanda Pieranti





CONTINUE NAVEGANDO: