Saiba aqui as principais causas e o que fazer para solucionar o Mau Hálito.

Todas as pessoas em algum momento da vida têm mau hálito. Esse problema pode ser passageiro ou persistente, isso se deve a diferentes fatores. E para curar esse incômodo é necessário que o indivíduo avalie muito bem todos os seus hábitos. Pois, esse cheiro é um indício de que alguma coisa não está correta no seu organismo. Conheça agora seis possíveis causas desse problema e dicas de como solucioná-los. Tenha certeza que essas dicas são muito valiosas e vão lhe ajudar.

01º lugar: higiene bucal feita de forma incorreta.

Desde criança nos foi ensinado pelos pais, na escola e pelos dentistas, que fazer uma boa higiene bucal e regularmente é de extrema importância. Algumas pessoas adotam os hábitos de forma correta e outras não. Quando se acontece o segundo caso, é muito comum que essas pessoas tenham mau hálito.

Caso você tenha notado que está com um forte cheiro saindo pela boca e não sabe o que é, na grande maioria dos casos é a falta de uma higienização feita de forma correta. Por isso, procure passar mais vezes o fio dental ao longo do dia, pois podem ter resíduos de comida entre seus dentes. Gaste um tempo maior na escovação, fazendo diferentes movimentos, escove a língua também, lembre de enxaguar bem para sair qualquer coisa que tenha ficado. E por fim, aposte nos enxaguantes bucais, eles também protegem os dentes e ajudam a combater o mau hálito.

02º lugar: ficar horas sem comer

Muitas pessoas ficam horas em jejum por inúmeros motivos. Entretanto, ficar um período tão grande sem comer pode causar esse cheiro incômodo na boca. Pois o estômago precisa de uma fonte de energia e usa a gordura para isso. Nesse processo, são produzidas certas substâncias que causam mau hálito.

Para este caso é recomendável a pessoa que está fazendo jejum reavaliar a sua dieta. Procure por um nutricionista e veja como continuar com essa prática de ficar tanto tempo sem comer e tentar driblar o mau hálito. Faça o jejum enquanto dorme, por exemplo. Ou então, mude de fato a alimentação, não fique tanto tempo sem comer, diminua o espaço

03º lugar: uso frequente de cigarros

O cigarro causa muitos problemas de saúde e um deles é o mau hálito. Devido a todos os componentes que existem no cigarro, como o tabaco, é comum que a pessoa que fume tenha mau hálito.

A dica mais eficaz seria parar de fumar ou diminuir drasticamente a quantidade de cigarros por dia. Depois, seria muito interessante se o fumante procurasse um dentista, pois com toda certeza seus dentes foram prejudicados por conta desse hábito.

04º lugar: baixa produção de saliva

Este problema é mais comum que se pensa e muitas pessoas nem sabem disso. Todo mundo produz saliva, uns em maior quantidade e outros em menor. O grande problema é quando essa produção é pequena demais. Quando isso acontece, muitos sintomas são apresentados como: dificuldade para comer, lábios rachados, incômodo para falar, mau hálito e outros. Neste caso recomenda-se tomar mais água e também procurar uma gastroenterologia para também realizar exames e saber exatamente como deve ser o seu tratamento.

05º lugar: problemas estomacais

Existem uma infinidade de problemas estomacais que causam mau hálito, pois o estômago e boca estão ligados. Os mais comuns são uma frequência muito alta de vômitos e ter quadros regulares de refluxo. Nestes dois casos, como certas substâncias voltam para a boca, é comum se ter um odor forte neste momento. O problema é se esse cheiro for persistente.

Neste caso, de fato é necessário procurar uma gastroenterologia. Só este especialista vai ser capaz de lhe dar um quadro preciso das condições do seu estômago e do seu aparelho digestivo. Tratando o seu problema de estômago consequentemente o mau hálito tende a acabar ou diminuir.

06º lugar: infecção nos dentes

Se você teve ou tem uma infecção nos dentes é muito comum que você tenha esse mau cheiro na boca. Pois é também uma forma do seu organismo alertar que alguma coisa está errada com seus dentes. Além disso, é comum neste caso sentir a famosa dor de dente. Então também é recomendável procurar um dentista e começar um tratamento dentário. O tratamento costuma ser imediato e assim você terá o seu problema resolvido rapidamente.

Isabela Castro.


A fluorose é uma doença provocada pelo excesso de flúor. Em geral a doença atinge adultos e crianças, porém de acordo com pesquisas, as crianças em idade até 7 anos são as mais atingidas, pois ao escovar os dentes acabam engolindo pasta de dente causando ao longo do tempo a fluorese.

As manchas brancas visíveis nos dentes são o primeiro indício da doença, que quando não é tratada pode evoluir ocasionando desgaste do esmalte dos dentes gerando rachaduras e até mesmo quebras.

Os dentistas recomendam o uso de pastas sem flúor e caso seja notada alguma alteração procure um dentista imediatamente.

Cuide-se fazendo consultas periódicas para que qualquer problema possa ser resolvido com antecedência.

Por Milena Evelyn


Perder o aparelho ortodôntico removível é mais comum do que se imagina. Muitas pessoas têm o hábito de retirá-los e colocá-los em guardanapos de papel, que em vários casos vão parar no lixo. Jogados dentro da bolsa, gavetas e em cima de mesas eles mais cedo ou mais tarde acabam sumindo.

Em geral o aparelho removível é usado em crianças com dentição de leite, pois ele não atrapalha o desenvolvimento da dentição permanente. E se tratando de crianças, esquecer onde guardou o aparelho fica ainda mais comum.

Evite enrolar o aparelho em guardanapos ou no bolso, use a caixinha especifica para ele, escove e limpe corretamente antes de usá-lo, pois a boca é porta de entrada de infecções e bactérias, redobre os cuidados com a higiene bucal.

Nunca ferva o aparelho, ele é feito de resina e pode deformar se exposto a altas temperaturas.

Por Milena Evelyn


Muitas pessoas fazem uso da prótese total mais conhecida como dentadura. A prótese ajuda a corrigir problemas ligados à estética e também à mastigação.

Porém, a adaptação é um pouco complicada nos primeiros dias, podem surgir alguns sintomas devido à tensão dos músculos do local durante a mastigação. Dores na nuca, no maxilar, ou no ouvido podem ser provocados pela articulação.

Evite usar próteses desgastadas ou quebradas, elas devem ser trocadas, pois acumulam bactérias que podem causar mal hálito, infecções por micróbios, sapinho, problemas na gengiva e em alguns casos chega a causar deformidades na face.

A saúde bucal é muito importante, não descuide da higiene. Qualquer dor ou alteração na prótese procure imediatamente o seu dentista.

Por Milena Evelyn


Todas as pessoas que usam aparelhos ortodônticos devem tomar uma série de cuidados diários para ficar em dia com a manutenção e com a higiene pessoal.

A manutenção do aparelho normalmente é feita todo mês, mas em determinados casos podem ser feita mais de uma vez, o dentista irá recomendar o melhor a fazer.

Evite alimentos que possam grudar ou danificar o aparelho como amendoim, castanhas, manga, abacaxi, balas e chicletes.

Com o aparelho fixo o paciente não consegue morder com os dentes da frente, alimentos como maçã, cenoura e alguns sanduíches devem ser cortados antes para facilitar na hora de mastigar.

O aparelho não machuca, alguns pacientes podem vir a sentir dor nos primeiros dias após a colocação. Em caso dor ou dúvidas consulte o dentista o mais rápido possível.

Por Milena Evelyn


Muitas pessoas sofrem de um problema chamado Bruxismo, ele atinge todas as idades e ambos os sexos. O bruxismo nada mais é que o ranger dos dentes de forma continua, se torna um hábito praticado pelo indivíduo durante o dia e a noite. Ele aos poucos vai desgastando os dentes provocando dores e afetando a estética do rosto.

O problema na maioria das vezes é causado por problemas emocionais como tensão e estresse e nem sempre é notado rapidamente. Em muitos casos a pessoas range os dentes durante a noite como se estivesse mastigando alguma coisa e demora muito a perceber isso.

Atualmente existe tratamento para o problema e é muito simples, uma placa usada na hora de dormir ajuda o paciente diminuir o contato entre os dentes prevenindo o desgaste.

Procure um dentista e identifique logo o problema, quanto mais rápido for detectado mais fácil o tratamento.

Por Milena Evelyn


Se você está sofrendo com dores de cabeça que surgem sem explicação, pode ser que o problema esteja na sua boca. Segundo especialistas, existem vários problemas na formulação dentária que podem provocar dor de cabeça.

O Serviço de Neurologia do Hospital das Clínicas da UFMG, divulgou que aproximadamente 80% dos pacientes com enxaqueca tinham alguma Disfunção da Articulação Têmporomandibular (ATM). Para completar, a Sociedade Internacional de Cefaleias divulgou a existência de 145 tipos distintos de dores de cabeça, e que algumas dessas dores ocorrem devido ao bruxismo, quando o paciente range os dentes, à mania de roer as unhas, denominada unicofagia; à mordida cruzada e a má oclusão.

Especialistas orientam que as pessoas com dores de cabeça sem explicação procurem um ortodontista para uma avaliação e tratamento correto, pois o problema pode se agravar ao longo do tempo.

Por Selma Isis

Fonte: Plínio Antônio de Moraes, ortodontista de Belo Horizonte (MG)


Para evitar problemas de saúde, é preciso escovar os dentes e usar fio dental todos os dias; mas, após a ingestão de alimentos ácidos, é preciso esperar cerca de 20 minutos para que a saliva ajude a neutralizar o PH da cavidade bucal. Segundo especialistas, o ácido dos alimentos pode causar uma erosão, caracterizada pela desmineralização do esmalte dos dentes.

Ao escovar logo em seguida, a pessoa pode intensificar a descalcificação, por friccionar o dente com as substâncias abrasivas da pasta. Entre os principais alimentos ácidos, estão: abacaxi, laranja, limão, kiwi, maionese, catchup, chá, café, refrigerantes, vinagres, cervejas e vinhos. Imediatamente após a ingestão desses alimentos, é possível fazer apenas um bochecho com água.

Por Cláudia Brito





CONTINUE NAVEGANDO: