O número de pessoas com sobrepeso e as consideradas obesas tem crescido muito nas últimas décadas. A vida sedentária, os hábitos alimentares incorretos, a rotina de estresse e os problemas de saúde são os principais responsáveis por esse aumento.

Para os que sofrem com esse problema a cirurgia bariátrica mais conhecida como cirurgia de redução do estômago é o procedimento mais eficaz nos casos em que a pessoa não consegue emagrecer sozinha e obviamente nos casos mais graves da doença, a chamada gordura mórbida.

Como todo procedimento cirúrgico, este também tem seus riscos e complicações, todo paciente tem acompanhamento médico específico para o seu caso.

Em média essa cirurgia custa entre R$5.000 e R$35.000, os resultados são excelentes, um mês após o procedimento o paciente já pode voltar a se alimentar normalmente de acordo com os limites e dietas indicados pelo médico.

Lembrando que, apenas um profissional após resultados de exames pode recomendar essa cirurgia.

Por Milena Evelyn


Conforto, segurança e rápida recuperação, são requisitos básicos almejados por pessoas que precisam de uma cirurgia de coluna. E são essas características que o Médico e Ortopedista Cristiano Menezes vai demonstrar no Primeiro Simpósio de Coluna do Hospital Getúlio Vargas, nesta sexta-feira (4 de fevereiro).

O procedimento será realizado pela primeira vez no Nordeste, e tem como novidades uma diminuição do corte convencional para alcançar a coluna e um afinamento dos tubos que penetram no paciente, facilitando sua manipulação e diminuindo a agressão ao corpo humano.

Mesmo com esses avanços tecnológicos a cirurgia ainda é agressiva ao corpo e apresenta um alto grau de complexidade para os médicos. Porém, de acordo com Cristiano, com esse novo procedimento, o paciente poderá ficar de pé no mesmo dia em que a operação for realizada, além de ficar internado de um a dois dias.

Por Danilo Galvão





CONTINUE NAVEGANDO: