A boca é certamente um dos órgãos que mais usamos, pois por ela falamos e nos alimentamos. Por isso, ter qualquer problema bucal é algo que incomoda muito. Ela, como qualquer outra parte do corpo, está sujeita a ter doenças.

A gengivite, por exemplo, é uma das doenças (dentre muitas outras) que ataca a boca. É uma inflamação nas gengivas que as deixa inchadas e sangrando ou apenas sangrando.

Para que isso e outros problemas mais graves não ocorram alguns poucos cuidados podem ser tomados como, por exemplo, uma boa e regular escovação (sempre após as refeições), o uso de fio dental e evitar o excesso de café e refrigerante.

A boca também pode ser acometida por um câncer que é muito mais comum acontecer naqueles que fumam. Lembrando que quem tem uma boca saudável não possui problemas para mastigar e comer e nem para falar. Por essa e outras razões cuidar da boca é essencial. E garantir que as crianças aprendam esse hábito cedo também.

Por Karin Földes


Pesquisas indicam que o câncer de boca ocupa o 5° lugar nos mais comuns entre os homens no Brasil. A diferença no aparecimento desse tipo de câncer em homens e mulheres é grande, no ano de 2010, 10.330 homens foram diagnosticados com a doença e apenas 3.790 dos diagnosticados em mulheres.

Em pesquisas realizadas pelo Instituto Nacional do Câncer, descobriu-se que o uso de cigarro e álcool pode potencializar o surgimento do câncer de boca, que é uma doença agressiva e pode causar a morte do paciente.

O INCA afirma que quem fuma chega a ter 25 vezes mais chances de desenvolver câncer de boca do que uma pessoa que não fuma. Isso porque o tabaco provoca alterações nas células presentes na mucosa da boca acelerando o aparecimento e crescimento das células cancerosas.

Cuide da sua saúde, previna-se!

Por Milena Evelyn





CONTINUE NAVEGANDO: