Alguns alimentos ajudam a aliviar dores, incômodos e até doenças gastrointestinais devido às suas propriedades e fontes nutritivas.

Você sabia que existem alimentos que são ótimos para a saúde do estômago? Devido às suas propriedades e fontes nutritivas ajudam a aliviar dores, incômodos e até doenças gastrointestinais como, por exemplo, gases ou diarreia. Neste post, você vai conferir as melhores dicas. Vamos lá?

Mamão

Fruta que é digerida facilmente, e pode aliviar diversos tipos de dores. É uma excelente opção para quem sofre com gastrite e úlcera estomacal. Você pode comer no café da manhã ou saborear a fruta como suco, mas deve estar madura.

Arroz

Alimento de fácil digestão e isso aumenta a absorção de fluídos. Por exemplo, o amido presente no arroz vai revestir o estômago, o que vai gerar uma sensação de saciedade. Logo, comer um pouco de arroz branco pode fazer bem para o seu estômago.

Aveia

Rico em fibras, também produz a sensação de saciedade. Auxilia na digestão e ainda diminui os níveis de colesterol. Não é à toa que é um item presente em muitas dietas alimentares.

Maçã

Fruta fácil de ser encontrada e acessível, tem níveis elevados de fibras que são insolúveis. Também tem propriedades que ajudam na proteção do estômago de várias doenças como pectina e outras enzimas naturais.

Você sabia que uma das melhores formas de aproveitar todos os benefícios nutricionais dessa fruta é consumindo ela assada?

Gengibre

Pesquisas indicam que o gengibre tem propriedades que aliviam a náusea ou vômito. Você pode consumi-lo mastigando um pedaço fresco, por exemplo. Outro benefício, é que o gengibre também atua no fortalecimento do sistema imune.

Alimentos com poucas gorduras

Se você estiver com muita dor no estômago, evite alimentos pesados e gordurosos. Mas, proteínas leves como, por exemplo, peixe e frango sem gordura pode ser uma ótima opção para o estômago. Um peixe recomendado, por exemplo, é a pescada.

Canela

A canela atua no combate à diarreia e às irritações presente no estômago. Também ajuda no alívio de gases que permanecem acumulados no intestino e ajuda a diminuir os desconfortos estomacais.

Você pode consumir a canela por meio de infusão ou se preferir colocá-la nos alimentos que fazem parte da sua dieta diária. Que tal experimentar?

Suco Verde

Uma das propriedades mais importantes do suco verde é a clorofila, encontrada nas plantas e que é rica em antioxidante, componentes fundamentais para a recuperação estomacal. Outro benefício é a vitamina C e o magnésio que fortalecem o organismo e ajuda a equilibrar a acidez, que existe no estômago. Por isso, aposte em sucos de salsinha e couve, por exemplo.

Erva-doce

Tem propriedades que atuam no alívio das flatulências, é rica em antioxidante e ainda ajuda a eliminar as toxinas presentes no organismo.

Abacate

Muito importante para a manutenção da saúde estomacal, sendo rico em fibras e potássio. Favorece a digestão e mantém a saciedade. O abacate também ajuda no equilíbrio do colesterol, é um bom anti-inflamatório e ainda oferece gordura monoinsaturadas, que ajudam na saúde do coração. Que tal incluir abacate no seu dia a dia?

Hortelã

O chá de hortelã pode trazer inúmeros benefícios para o estômago e também para a saúde do organismo. Além de auxiliar nos desconfortos estomacais, ajuda na regulação do intestino e ainda diminui a oleosidade da pele.

Alho

O alho tem propriedades importantes e combate os desconfortos no estômago. Por exemplo, a alcina, substância presente no alho, também ajuda no equilíbrio do colesterol para o organismo e também atua na prevenção de gripes e resfriados.

Óleo vegetal

Prepare os alimentos em óleo vegetal, preferencialmente. Esse tipo de óleo auxilia ajuda a neutralizar a acidez se forem colocados diretamente na comida. Que tal dar preferência a este óleo no preparo dos alimentos?

Cuidar da alimentação é fundamental para a saúde e para a manutenção da qualidade de vida. Compartilhe essas dicas nas suas redes sociais!

Por Babi

Alimentos bons para o estômago


Proibição de comercialização atinge apenas um lote do produto e ocorre devido a presença de pelo de roedor.

Mais uma vez a Anvisa precisou fazer uma proibição na distribuição de alimentos. Dessa vez foi de um extrato de tomates que continha pelos de ratos em um de seus lotes.

É isso mesmo, aconteceu de novo, a Agência Nacional de Vigilância acaba de proibir a distribuição e também a venda de um determinado lote do extrato de tomate cuja marca é Quero, que pertence ao grupo Heinz Brasil, que possui instalações no estado de Goiás.

A proibição aconteceu oficialmente nesta última segunda-feira, dia 20 de fevereiro, quando ocorreu o registro de uma resolução no Diário Oficial da União.

O motivo da criação dessa resolução que proíbe produção e venda do extrato de tomate Quero é o fato de após uma análise o laudo de conclusão apontou que havia no extrato uma matéria que oferecia a possibilidade de risco à saúde, sendo esta matéria estranha pelos de roedor que ultrapassam o limite de tolerância determinado pela agência.

A Anvisa deixa claro que ao que as análises indicam, apenas um lote do extrato Quero possui esse problema, sendo ele o de número L 11 07:35.

Nesse sentido, segundo a recomendação da Anvisa, a fabricante do produto deve recolher todo o lote já repassado ao mercado. Além disso, a revenda dos produtos que pertencem a esse lote também está proibida. A previsão da fabricante é de que até o mês de agosto deste ano, todo o lote do extrato já esteja fora do mercado.

Embora tenha ocorrido esse problema no extrato de tomate, a Heinz afirma que tem investido cada vez mais em tecnologia para que assim seus produtos tenham mais qualidade e que satisfaça seus consumidores.

Contudo, essa é a terceira vez que produtos da Heinz apresentam esse mesmo problema de presença de pelos de ratos em sua composição. O primeiro caso aconteceu no ano de 2013 e a segunda vez foi no ano passado.

Dessa forma, a Anvisa alerta aos consumidores do extrato de tomate do lote em questão que se possuírem em suas casas esses produtos , eles devem ser descartados, pois a ingestão desse produto pode acarretar riscos para a saúde, que podem ser diarreias e até casos mais graves.

Sirlene Montes


A enxaqueca é um tipo de cefaleia (dor de cabeça) que ataca milhares de pessoas. Alguns têm dores apenas  de um lado da cabeça e outros tem nos dois lados.

Há alguns alimentos e bebidas que podem ajudar a desencadear o problema como, por exemplo, frutas cítricas, bananas, linguiças, alimentos de coloração avermelhada (em conserva como a salsicha), frituras, chocolates, gorduras, chá, aspartame, café, vinhos, cerveja e chope.

Além disso, a doença pode ser causada também por mudanças nos hábitos alimentares (ficar mais de 5 horas sem comer) e por dormir demais ou menos que o normal; mudanças bruscas de temperatura (seja do ar ou ingerindo líquidos muito gelados) também pode ocorrer.

Mulheres em período pré-menstrual costumam sofrer de enxaqueca assim como pessoas com distúrbios hormonais e emocionais. Quando uma crise aparece é importante que o indivíduo procure tomar um pouco de ar, descanse, tome um remédio recomendado pelo médico, beba muita água, coma moderadamente e coloque gelo sobre as áreas doloridas.

Se o problema for persistente um tratamento médico deverá ser feito.

Por Karin Földes





CONTINUE NAVEGANDO: