Natural Cycles – Primeiro Aplicativo Contraceptivo



  

Aplicativo passou por testes é possui a mesma eficácia de outros métodos contraceptivos tradicionais.

É impressionante, mas a tecnologia a cada dia nos surpreende mais. E quando se pensa que já se viu de tudo, chega mais uma novidade. É isso mesmo, a grande novidade tecnológica do momento é a disponibilidade de um aplicativo de função contraceptiva. Duvida? Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre o primeiro aplicativo do mundo para a contracepção.

Essa nova criação surgiu na Natural Cycles, que é uma empresa que pertence aos idealizadores do aplicativo, o casal Elina Berglund e Raoul Scherwizl.

A grande surpresa de todos não está somente no fato de um aplicativo com função de contraceptivo tenha sido desenvolvido, mas sim no fato de o aplicativo ser aprovado podendo ser usado por qualquer um.

Dessa forma, as mulheres e casais agora possuem mais essa opção na hora de prevenirem uma gravidez indesejada. Muitas mulheres na maioria das vezes não se dão bem com os medicamentos que possuem essa função, devido aos efeitos colaterais que podem ser diversos, ou até mesmo pode acorrer o esquecimento do uso do medicamento e o aplicativo estará sempre à disposição, quando estiver instalado no aparelho celular.

Se você ainda não sabe como esse aplicativo contraceptivo funciona e está curioso para saber, não há segredos, nem complicações. Aliás, a operação é muito simples pois o ciclo fértil da mulher pode ser calculado a partir de um algoritmo. Para isso só é necessário pela manhã, a mulher tirar a temperatura da região debaixo da língua e digitar no aplicativo. A partir daí a tecnologia usada no aplicativo aponta se há ou não fertilidade no dia em questão.





Nesse sentido, cabe a mulher ou ao casal, ao ter uma relação sexual, usar proteção para não engravidar ou não usar, para assim tentar engravidar, pois muitas mulheres que desejam ser mãe esperam o dia fértil para tentarem e nesse ponto o aplicativo também se mostra muito útil.

Dessa forma, esse aplicativo já é considerado de caráter medicinal do tipo IIb. A autorização aconteceu após vários testes clínicos que acabaram por comprovar a sua eficácia, o que o colocou no mesmo nível de outros métodos contraceptivos tradicionais.

É a tecnologia aplicada em tablets e celulares agindo na área da medicina e esse aplicativo foi apenas o primeiro.

Sirlene Montes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *