Febre aftosa – Brasil amplia áreas livres da doença



  

O único estado do Brasil a ser considerado área livre de febre aftosa sem vacinação é Santa Catarina. Mas esse panorama pode mudar.

Com a finalidade de ampliar essa área no país, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) propôs um termo de compromisso, assinado na última terça-feira (27) pelos estados de Ceará, Alagoas, Pará, Pernambuco, Paraíba, Maranhão, Rio Grande do Norte e Piauí .

Com o acordo, os secretários de Estado da Agricultura se comprometeram a cumprir medidas estipuladas nos Planos de Ação, corrigindo os problemas apontados pelo Mapa, em auditorias realizadas no ano passado e no começo deste ano.

Além disso, os representantes concordaram em garantir o cumprimento das exigências para que o trabalho possa ser avançado.

Agora, a próxima etapa a ser realizada é a feitura de um inquérito soroepidemiológico nos seguintes Estados: Ceará, Alagoas, Pará, Pernambuco, Maranhão e Piauí.





A Paraíba e o Rio Grande do Norte ficaram de fora não atenderem as condições mínimas e, por isso, vão sofrer restrições para trafegar com os animais para outros estados.

No total, o convênio realizado tem investimentos superiores a R$100 milhões.

Com o reconhecimento de área livre de febre aftosa, a carne passa a ser mais valorizada no mercado internacional.

 

Fonte: Ministério da Agricultura



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *