Pés – Pisada incorreta pode causar problemas e dores no corpo



  

Caminhar é uma das práticas mais recomendadas por profissionais da Saúde. Em qualquer idade, destinar alguns minutos do dia para andar pela cidade, em calçadas ou parques, por exemplo, pode contribuir para uma melhor circulação do sangue pelo corpo, além de ser uma atividade benéfica para vários órgãos.

Para caminhar é necessário tênis ou sapatos ideais. Pisar de forma incorreta pode levar a pessoa a sentir dores na região lombar, nas pernas, na coluna vertebral e até nos joelhos. Segundo Agnaldo de Oliveira Júnior, ortopedista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, crianças de até dois anos apresentam problemas como o pé plano flácido, oriundo da flacidez nos ligamentos. Em sua visão, nove em dez casos são resolvidos com o natural crescimento do indivíduo.

Considerado o principal meio de sustentação de homens e mulheres, adultos e crianças, os pés podem apresentar formações inadequadas, alterando a maneira da pessoa pisar no chão. Outras recorrências como artrite reumatóide, diabetes e fraturas, por exemplo, também podem acarretar deformação nos pés.





Uma maneira de resolver problemas relacionados é por meio do uso de sapatos e palmilhas ortopédicos, pois são desenvolvidos especialmente para quem passa por situações de menor gravidade. Em contrapartida, intervenções cirúrgicas são realizadas em casos de maior necessidade.

Para averiguar se há algum entrave no ato de pisar, existem avaliações específicas como a funcional e a postural, bem como o teste da pisada, também conhecido por baropodometria.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *