Menstruação – Saiba porque ela ocorre e como evitar os efeitos colaterais



  

Uma das principais reclamações das mulheres aos médicos ginecologistas são as cólicas menstruais. Mais da metade delas em idade fértil reclama desse problema e de 10 a 15% tem dores tão fortes que chegam a interferir na vida cotidiana, ocasionando até faltas ao trabalho ou à escola.

Os médicos classificam as cólicas (dismenorréia) como primárias e secundárias. As primárias são aquelas ocorrem por causa da TPM e da menstruação e as secundárias são aquelas que ocorrem por alguma doença que a mulher possa ter.





A menstruação acontece quando há uma limpeza da camada interna do útero que, durante o ciclo menstrual foi preparado para uma possível gravidez. Para que não haja uma perda muito grande de sangue o corpo faz com que o útero se contraia. Essa contração é feita por uma substância chamada prostaglandinas que também causa a dor.

Assim, para que não haja dor é preciso tomar um medicamento que bloqueie a produção dessa substância que são remédios para cólicas. Além dsso outros sintomas são normais nesse período como cansaço, nervosismo, náuseas, diarréia, vômitos, dores nas costas e até desmaios.

Por Karin Földes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *