O que é Blefaroespasmo? Sintomas e tratamento



  

Você sabia que o “piscar de olhos” é fundamental para a nossa saúde? Porém, quando esse simples mecanismo se torna extremamente repetitivo e anormal, pode se caracterizar em uma doença chamada de blefaroespasmo.

Normalmente, o problema começa discretamente e vai se intensificando aos poucos. Os músculos orbiculares acabam provocando contrações involuntárias da pálpebra e a pessoa acaba piscando sem parar, a ponto de às vezes nem enxergar direito, o que pode acarretar em uma cegueira funcional, incapacitando aquela pessoa de exercer simples atividades do dia-a-dia, como cozinhar, escrever, ler e dirigir.

Os especialistas acreditam que o problema seja causado por uma anormalidade no funcionamento dos gânglios basais, que participam do controle dos movimentos das pálpebras. Porém, existem outros fatores que ajudam a desenvolver a doença, como: stress, traumas emocionais e o consumo excessivo da cafeína.





Ainda não foi diagnosticado um tratamento para a cura da doença, mas ela pode ser controlada, transitoriamente, com o famoso botox. Para um parecer minucioso é necessário procurar um oftalmologista.      

Saiba mais sobre a doença no site da Associação Brasileira dos Portadores de Distonias (ABPD).

Por Thais Cortez



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *